Variação Cambial

A oscilação cambial da moeda estrangeira tende a ocorrer, tanto positivamente como negativamente, o que leva a analisar a tributação na pessoa jurídica.

Deve-se realizar a variação cambial por regime de competência ou de caixa?

Instrução Normativa RFB nº 1.079/2010 prevê que o reconhecimento das variações cambiais deverá ser realizado, para fins tributários, quando da liquidação da correspondente operação (“regime de caixa“).

À opção da pessoa jurídica, as variações monetárias poderão ser consideradas na determinação da base de cálculo dos tributos segundo o regime de competência, de maneira uniforme para todo o ano-calendário e alcançando todos os tributos antes referidos.

  • Regime de caixa

No regime de caixa define que as variações monetárias dos direitos de crédito e das obrigações do contribuinte utilizando a taxa de câmbio, serão consideradas quando da liquidação da correspondente operação, para determinar a base de cálculo dos seguintes tributos: Instrução Normativa RFB nº 1.0798/2010art. 2º

  1. a) Imposto Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ);
  2. b) Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL);
  3. c) Contribuição para o PIS; e
  4. d) Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS).
  • Regime de competência

A Receita Federal possibilita a opção para a pessoa jurídica de considerar as variações monetárias para determinar a base de cálculo utilizar o regime de competência.

A aplicação do regime de competência deve ser feita a todo o ano-calendário e a todos os tributos federais.

A manifestação da opção pelo regime de competência somente pode ser feita no período de apuração do mês de janeiro de cada ano-calendário para empresas já constituídas ou no mês do início de atividades. Instrução Normativa RFB nº 1.079/2018, art. 3º

Após o prazo final de entrega da DCTF do mês de janeiro não é mais permitido a retificação do regime optado. Instrução Normativa RFB nº 1.079/2010, art. 4º.

Base Legal: Citadas no Texto

Ainda possui dúvidas? Entre em contato conosco.

Depreciação

A depreciação é a diminuição do valor de determinados bens ocasionada por uso, obsolescência ou por seu desgaste natural. Inicia quando o bem é instalado,

Ler Artigo »