Conta pessoal e jurídica: por que devemos separá-las?

A sustentabilidade de uma empresa está ligada, sem dúvida, à eficiência na gestão – financeira e contábil – para manter o orçamento do negócio organizado. Essa premissa é fundamental, pois a falta de planejamento e a ausência de controle sobre as despesas pode levar a empresa à falência.
Por isso, é imprescindível que o empresário separe a sua conta pessoal da conta da empresa.
E como essa separação entre contas ajuda na gestão da empresa?
 
Primeiramente, o empresário deve definir a sua própria remuneração, ou seja, o seu pró-labore. Assim, é possível visualizar qual o percentual do faturamento será investido na empresa.
Além do mais, visando o crescimento da empresa, é imprescindível considerar todos os gastos da empresa, inclusive a manutenção do capital de giro.
Sendo assim, é fundamental haver a separação entre as suas contas e as contas da empresa, pois a existência de apenas uma conta fará o dinheiro se misturar. Este fato, certamente, será muito prejudicial ao controle efetivo da gestão financeira e contábil do negócio.

Depreciação

A depreciação é a diminuição do valor de determinados bens ocasionada por uso, obsolescência ou por seu desgaste natural. Inicia quando o bem é instalado,

Ler Artigo »