11 pontos fundamentais para abrir uma agência de turismo – PARTE 1

Trabalhar com turismo é viabilizar a realização de sonhos, já que as pessoas os materializam, por exemplo, na forma de viagens.
Mas para o empresário entrar nesse segmento, a paixão por viagens não é suficiente, pois o mercado de turismo exige conhecimentos específicos e a assessoria de profissionais especializados.
E quais são os pontos que o empresário não pode perder de vista na hora de abrir uma agência de turismo?
 
1-    Escolha um segmento: focar em um segmento e público é fundamental para direcionar ações estratégicas permitindo, assim, resultados que diferenciem a agência das demais concorrentes;
2-    Faça um plano de negócios: estudar o mercado considerando concorrentes, assim como estabelecer objetivos e metas, é algo imprescindível para um novo negócio;
3-    Formalize o seu negócio: registar um CNPJ permite que a empresa atue de acordo com a legislação. Nesse processo, um contador é um profissional estratégico, pois ele auxiliará em questões relevantes como: regime tributário, legislações específicas e CNAEs (Classificação Nacional para Atividades Econômicas);
4-    Faça o registro da empresa: antes de iniciar as atividades, o empresário deve cadastrar a agência de viagens no Ministério do Turismo.
Gostou do conteúdo? Continue nos acompanhando! No próximo post falaremos sobre os outros 7 pontos fundamentais para a abertura de uma agência de turismo.

Depreciação

A depreciação é a diminuição do valor de determinados bens ocasionada por uso, obsolescência ou por seu desgaste natural. Inicia quando o bem é instalado,

Ler Artigo »